18 jun
Em “Invicto”, o rapper Filipe Ret fala sobre esperanças futuras e uma vontade inabalável de vencer. Esse clima dá o tom para o clipe da faixa, que chega agora pelo selo Buuum, parte da plataforma Skol Music.

Com direção de Evandro Lima, que assinou também o clipe de D.U.T.U.M.O.B, lançado em 2013, o clipe conta uma história de uma ascensão social, e dá o tom para a chegada do novo disco de Ret.

“O Evandro é um cara que eu confio muito, então foi natural chamar ele de novo pra dirigir o clipe de ‘Invicto’. Ele é muito profissa e chamou um pessoal de cinema muito bom, então o clipe está em um nível incrível”, explicou Ret, que quis arriscar um pouco na estética do trabalho. “Ele me perguntou qual era a ideia do clipe, e eu pensei em um motoboy que sonha em ser o chefe da empresa.

Sempre tenho vontade de ir nas coisas de sempre, mas dessa vez a ideia era ir pro popular mesmo, fazer um clipe pra colocar na televisão e atingir cada vez mais pessoas”, completou.

O clipe abre caminho para a chegada de um novo álbum, que segue o sucesso de “Vivaz”, lançado em 2012. O disco deve trazer uma variedade sonora inédita no trabalho do rapper, que trabalhou ao lado de seu parceiro Mãolee, o produtor Zegon e Mário Caldato Jr.

“O álbum terá dez faixas autorais, com grande parte das produções assinadas pelo Mãolee e passeando por várias influências. Tem love song, algumas coisas que fogem um pouco do rap, um funk...”, contou Ret, que afirmou que sempre curtiu o rolê do funk. “Aqui no bairro do Catete, quando eu era mais novo, eu sempre parava na praça e via os MCs de funk na rua e tal, eu achava o máximo como eles faziam sucesso e como o som era bacana. Minhas primeiras influências foram dessas duplas de funk que eu conheci no meu bairro. Acho que agora está rolando uma união muito forte entre o funk e o rap, ambos têm ido em uma direção muito popular e isso é ótimo pra ambos os gêneros”, completou Ret, que acha que seu novo trabalho traz uma nova direção sonora para sua carreira.

“Tem muita música eletrônica no disco, dois boom bap, vai ser um disco bem diferente de Vivaz, que era uma coisa mais rap cru, direto. Quis trazer muitas influências de outros estilos, colocar o funk, o pop, celebrar uma certa liberdade. Todas as faixas são melódicas, por exemplo, quase nada de rima reta”, explicou.

Assista abaixo ao clipe de “Invicto”:

Comentários

Posts relacionados
Playlists relacionadas
Don Cesão - $$$ (feat. Tropkillaz)
Don Cesão - $$$ (feat. Tropkillaz)
Don Cesão - $$$ (feat. Tropkillaz)
by Tropkillaz