24 jun


Após o sucesso de Rhythm of the Day, eleita umas das melhores músicas de 2015 pelo blog 120 bpm, da Folha de S. Paulo, Serge Erege lança agora pela Skol Music um novo single, “It's Already Cold”. A faixa chega ao lado de um videoclipe, filmado e dirigido pelo próprio artista e que reforça sua sonoridade synth-pop influenciada pelos anos 80 e sua estética lo-fi.

“Na sonoridade de 'It's Already Cold', imaginei como seria uma música bem forte num desses bailes obscuros dos anos oitenta. Daí fiz um baixo bem animadão mas com peso, e coloquei umas marimbas porque é sempre bom ter umas marimbas. Depois coloquei também uma harpa paraguaia para ficar celestial - afinal, uma pista que não te eleva aos anjos não serve pra mim. Ou você vai pro céu, ou pro espaço, ou pra casa”, brinca ele.

“Também pensei numa guitarrinha de teclado bem pós-punk, porque soy darks. A voz vai seguindo o fluxo da narrativa - no começo está bem sutil, na sedução, e depois vai ficando mais nervosa conforme as carências vão se revelando. No final, tudo é um grande desespero pra ser amado”, completa ele, que na letra fala sobre um casal que se desentendeu e não quer dar o braço a torcer. “É uma letra sobre solidão, carência, orgulho e, por fim, saudade”.

O single chega acompanhado por um clipe dirigido por Serge ao lado do fotógrafo Murillo José, que também assina a arte de capa da música. O vídeo, que conta com edição e montagem de Leandro Menezes, foi criado a partir de elementos da cultura dos anos 80/90 e com foco em tecnologia da época.

“Estavamos vendo alguns clipes antigos e pensamos em fazer um que parecesse uma compilação de arquivos de festas de outras épocas. Como uma pesquisa de arquivo dessa seria muito complicada, tivemos a ideia de produzir nossa própria festa, gravando em VHS para remeter ao passado e convidando amigos para performar em um ambiente caseiro”, explicam Serge e Murillo.

“Fomos na 25 de março e compramos máquina de fumaça, pisca-pisca, uma câmera VHS, lâmpadas, uma lanterna para servir de estrobo e foi isso. A partir disso começamos a dirigir pensando em trabalhar com sombras, detalhes, plantas, usando feedback de televisão... vários elementos”, completa Serge. "A edição de Leandro também foi decisiva para a estética do clipe. Ele teve total liberdade criativa e teve umas ideias ótimas, como essa de colocar as visualizações antigas do Windows Media player, que era algo que eu adorava ficar vendo na época em que não tinha internet. Eu mergulhava naquilo", completa o músico.

Além do single e do clipe, o artista prepara um Ep com três faixas e seu primeiro álbum de estúdio, com todos os lançamentos previstos para 2016 pelo Ganzá, da Skol Music.

Comentários

Posts relacionados
Playlists relacionadas
Co.Lab 2 - Renato Cohen vs. Wehbba vs. Derrick Green - The Heat
Co.Lab 2 - Renato Cohen vs. Wehbba vs. Derrick Green - The Heat
Co.Lab 2 - Renato Cohen vs. Wehbba vs. Derrick Green - The Heat
by VCO Rox